Resenha Crítica de Livro e Cinema: Harry Potter e o Enigma do Príncipe

O meu lado adolescente é apaixonado pela história do sr. Potter. Mas essa paixão não começou há muito tempo, não. Foi depois de ler tantas críticas positivas à história. Confesso que os filmes me atraíram tão pouco, que mal entendia do que se tratava a história e por que afinal o tal bruxinho mais famoso do mundo da magia, e agora dos trouxas também, era tão incrível e tinha conquistado tantos fãs. Depois, mais ou menos como aconteceu com a saga Crepúsculo, comecei a ler os livros e fiquei encantada e tudo se esclareceu.


O penúltimo livro da série, Harry Potter e o Enigma do Príncipe, foi o que menos gostei, mas o que mais me deixou pensativa em relação ao desenrolar da história. O que me desgostou não foi o fato de a história ter sido mal bolada ou nada do gênero, foi o fim do livro. Não vou contar nada para aqueles que ainda não viram o filme não terem vontade de me matar, mas o que aconteceu me deixou inconformada.

Mas e o filme? Bom, como já venho dizendo há tempos que as adaptações são bem diferentes dos livros, não posso deixar de mencionar que em Harry Potter e o Enigma do Príncipe a fidelidade ao enredo original foi pro bueiro. De todos os filmes, posso afirmar resolutamente que o sexto foi o menos fiel ao livro. Muitos detalhes importantes foram modificados e alguns acrescentados. Mas ainda assim, a emoção e a visão central da história foi bem reproduzida. Depois de conseguir digerir o que aconteceu, até posso dizer que gostei. Até porque, o sexto capítulo da história já está deixando vestígios de como tudo vai acabar. Os romances já estão se definindo e o futuro da turma toda parece não estar mais deixando névoas.

Minha Nota ao filme: 8,0

Minha Nota ao Livro: 9,0

Comente com o Facebook:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...