Resenha Crítica de Filme: Amor à Segunda Vista

Não sei se já falei aqui, mas meu gênero favorito de filme é comédia romântica. Em parte por eu ser mulher e, naturalmente, incorporar o romance na minha personalidade. Em parte por esse tipo de produção contar uma história bem cotidiana, apesar de previsível, pouco original e nem muito real. Mas a maior parte é por ser um gênero que trata do assunto que mais encanta as mulheres de forma divertida e quase nunca deprimente, embora em algum momento da história geralmente haja uma desilusão, que em seguida é revertida em humor sentimental. Ainda assim, diferentemente dos romances melosos, o sentimentalismo apresentado nas comédias românticas é sempre agradável e quase nunca me faz derramar lágrimas de tristeza, só de emoção no momento em que os pombinhos finalmente ficam juntos.