Seção Velharia: Apoiem as locadoras, aluguem filmes arcaicos

Está sem grana ou sem tempo para ir ao cinema? Ou está a fim de ficar em casa, descansar e se esquecer daquela semana insuportável que passou no trabalho, mas não sabe muito bem o que fazer? Quaisquer que sejam as situações, vou dar duas dicas de boas atividades para passar o tempo, que são as minhas preferidas: ler um bom livro e assistir a um gostoso filminho das antigas, daqueles de locadora mesmo, que você pode pegar a hora que quiser, levar pra casa, e assistir depois de um bom banho relaxante. Ah, fora que você paga menos do que um ingresso no cinema, e pode levar quantas pessoas quiser pra ver junto com você.

Então, vou começar uma nova seção aqui no meu Blog, que intitulo Seção Velharia, em que apresentarei dicas de meus filmes preferidos, tenham sido eles famosos e renomados, ou detonados pelo público e pela crítica. Mas não se engane pelo nome. Não vou fazer comentários somente de filmes do estilo de Ben Hur, Rebecca e Psicose, embora, vez por outra, também serão meus focos. Simplesmente intitulei essa nova seção com tal nome, por não estar nas prateleiras de lançamento ou em cartaz nos cinemas. Já que a partir de fevereiro passei a dedicar a maior parte de meu blog para minha paixão em cinema e literatura, creio que os filmes obsoletos também mereçam um espaço aqui, não é mesmo?

E pra começar, quero falar sobre um filme incrivelmente engraçado, e que quase não foi comentado na época do lançamento. Não sei por que, já que, além de ser protagonizado por ótimos atores, teve um roteiro maravilhoso, cenas de comédia muito originias e singelas, sem forçação de barra, e uma história tri cativante. Mas antes, quero dar algumas dicas sobre ele. Vamos ver se você adivinha.

1º O ano de lançamento foi 2005
2º Trata-se de uma comédia romântica
3º O protagonista atuou também em De Repente 30 com Jennifer Garner
4º A atriz principal é loira
5º O nome original do filme, em inglês, é Just Like Heaven, cuja trilha sonora principal leva o mesmo nome

Já sabe?
Não?

Pensa um pouquinho!

Chega! O filme é E se Fosse Verdade, que trata da história de uma médica, interpretada por Reese Whiterspoon, que é apaixonada por seu apartamento, e não quer abrir mão dele de jeito nenhum, mesmo depois de ser forçada a abandoná-lo devido a um acidente horrível que sofreu e ter ficado num estado, digamos, bem sombrio. O novo inquilino, então, passa a ter "alucinações" e ver uma moça andando pra lá e pra cá no seu apartamento, dizendo que ela é dona do imóvel. Cansado disso, ele procura entender o que está acontecendo e descobre algo bem intrigante nessa história toda. Olha, eu gosto tanto desse filme, que posso, com certeza, assistir a ele 300 vezes que não vou enjoar.


Minha nota: 10,0 (com louvor)

Veja mais detalhes clicando aqui.


Comente com o Facebook:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...