Pianista Mirim

Ontem, de relance, assisti ao Fantástico e acompanhei a história da menina Crystal, que toca piano há só três anos melhor do que muita gente que conheço que já toca há 15. A guria é fera. Como o mundo esconde talentos natos, né? Eu estou tentando aprender a tocar piano há três anos também e até agora não saí do "Cai cai balão"... Achei incrível a determinação e a capacidade da pernambucana. Eu realmente espero que ela tenha muito sucesso na realização do sonho de ser uma reconhecida pianista. Os professores dela não vão ter muito trabalho em ensinar as técnicas, a menina é um prodígio. O trabalho maior vai ser tirar a timidez e fazer a menina adquirir carisma. Achei ela meio fria, apesar do talento e da inteligência. Mas tudo bem, dos males o menor. E câmera também não determina nada. O caso é que, feliz ou infelizmente, não sei avaliar, não é só talento que conquista plateias. De qualquer forma, provavelmente é só timidez, a menina é um amorzinho. Ah, pelo jeito ela é mórmon, como eu, porque o piano que ela tocava para ensaiar durante as quatro horas diárias ficava numa capela da Igreja em Jaboatão dos Guararapes, região metropolitana de Recife.


Ah, será que foi jogada de marketing Zezé di Camargo e Luciano darem o piano pra ela? Acho que não. De qualquer forma, excelente presente, viu! Crystalzinha deu o segundo passo para ser uma grande pianista, que é ter um piano em casa. Bom exemplo de esforço, porque a menina não tinha dinheiro nem para ter aulas particulares, quem diria para ter o instrumento em casa. Mas ela venceu as dificuldades, dedicou-se o máximo que podia, teve a ajuda de uma boa pessoa que se prestou a ensiná-la voluntariamente e agora Deus a abençoou conforme ela merecia. História de chorar.



Comente com o Facebook:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...