A que ponto chegou a desinformação

Agora as emissoras Globo e Record gastam metade de seu tempo para difundir a desinformação com ataques uma contra a outra. E nós, meros telespectadores passivos, estamos no meio desse tiroteio sem fundamento. Queria expor minha opinião sobre esse episódio lamentável de infantilidade e orgulho de ambas as emissoras.

Primeiro, as duas emissoras erraram feio em usar a mídia para jogar bombas uma contra a outra. Esqueceram-se da função principal dos meios de comunicação de massa: informar e não lavar roupa suja.

A Globo utilizou, timidamente, seu poder de audiência e de dissimulação para denegrir a imagem da Record, que nos últimos anos tem roubado ibope da Globo. Não que as informações estejam falsas. Provavelmente sejam fundamentadas na realidade, mas ocupar 10 minutos de um jornal de 45 para agredir a concorrente é demais. A Record fez ainda pior, atacou claramente a Globo num drama de "fomos feridos, queremos vingança". Domingo, vai gastar um programa inteiro só contratacando as acusações da Globo.

Quem sai perdendo com isso? O povão, é claro, como sempre. Perde por não entender o que de fato está acontecendo. Perde por deixar de conhecer informações mais úteis. Perde por não conhecer a realidade dos fatos.

Temos que tomar cuidado com a mídia. Saber questionar as informações que escutamos dela. Buscá-las em outros meios. E acima de tudo não levar como verdade tudo o que for dito. Os meios de comunicação são ótimos meios de informação, mas são manipulados por homens, por isso, não são sinônimos de propagação da verdade incontestável. Sou muito crítica quanto ao que diz a mídia. Tô de olho sempre!

Comente com o Facebook:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...