Qual é o papel da mulher da Igreja de Jesus Cristo

Estou apresentando um programa na Rádio Bandeirantes AM aqui de Tubarão todas as terças-feiras das 20 às 22 horas. Para quem preferir ou não puder escutar o programa no rádio, ele pode ser acompanhado pelo site http://www.bandeirantes1090.com.br/ ao vivo. No programa, o Fabiano, o Val e eu discutimos temas pertinentes ao Evangelho de Jesus Cristo. Minha participação específica é sobre a participação das mulheres na Igreja, na sociedade e especialmente no lar. Abaixo está o assunto que tratei na última terça-feira.

E para começar, então, eu gostaria de explicar qual é o papel da mulher da Igreja de Jesus Cristo. Vou dar uma breve pincelada na história da Sociedade de Socorro, que é a organização de mulheres da Igreja. Não vou me aprofundar muito hoje, porque quero falar mais sobre a história das mulheres da Igreja em outra ocasião. Mas acredito ser importante informar que a Sociedade de Socorro é a organização mais antiga de mulheres do mundo, tendo sido organizada em 17 de março de 1842. Quase 170 anos de existência, portanto.

Sabemos que hoje as mulheres têm uma influência significativa na sociedade, mais do que em qualquer outra época da história da humanidade. Mas dentro da Igreja a mulher sempre teve um papel fundamental, e embora as responsabilidades dela tenham passado a ser maiores hoje, especialmente com a participação dela no mercado de trabalho, a função principal da mulher continua sendo estimulada fortemente na Igreja, que é a sua influência e dedicação no lar. O que isso significa? Que o papel primordial da mulher é dentro do lar. O que não quer dizer que  ela não possa ter outras funções na sociedade, pelo contrário, é importante que ela seja uma influência positiva para o mundo, e essa influência é encorajada pela liderança da Igreja. Mas o papel da mulher em primeiro lugar como esposa e, especialmente, como mãe sempre foi e sempre vai ser fortemente estimulado pela Igreja, pois as crianças precisam da influência, dos cuidados maternos para se tornarem pessoas mais felizes, mais bem sucedidas no futuro, o que não é nenhuma novidade. Especialmente quando esses cuidados estão alicerçados sobre os ensinamentos de Jesus Cristo.

Então, todos os trabalhos que as mulheres fazem na Igreja têm como foco principal o fortalecimento da família. São princípios que auxiliam as mulheres a crescerem como mães, esposas e figura positiva na sociedade. Jamais uma mulher vai ser incentivada a realizar uma atividade que prejudique sua relação com seu marido ou seus filhos. Nós vemos hoje que muitas mulheres estão buscando em primeiro lugar seus próprios interesses, ou o crescimento profissional e financeiro, negligenciando bastante seu papel como mãe.

Sempre que eu falo a respeito da Igreja ou de uma doutrina específica, gosto de usar citações de líderes da Igreja. Então gostaria de ler aqui algumas delas para que os ouvintes percebam como a mulher é valorizada na Igreja. A primeira diz o seguinte: “Deus colocou nas mulheres qualidades divinas de força, virtude, amor e disposição de sacrifício para criar as futuras gerações de Seus filhos espirituais”. Essa citação foi proferida pelo Elder Quentin Cook, do Quórum dos Doze Apóstolos, na última conferência geral, que ocorreu em abril. Outra citação da qual gosto muito diz o seguinte: “Será que vocês, irmãs, têm plena consciência da magnitude de seus dons e talentos e de como todas vocês podem alcançar a "mais elevada posição de honra" na Igreja e no mundo? Um de seus dons mais especiais, preciosos e sublimes é a feminilidade, com a graça, a doçura e a divindade que lhes são peculiares. A feminilidade não se resume a batom, penteados da moda e roupas elegantes. É o adorno divino da humanidade e encontra sua mais nobre expressão nas suas qualidades, na sua capacidade de amar, sua espiritualidade, delicadeza, luminosidade, sensibilidade, gentileza, criatividade, charme, graciosidade, dignidade e força sutil. Apesar de manifestar-se de forma diferente em cada menina ou mulher, cada uma de vocês possui essa feminilidade que faz parte de sua beleza interior”. Essa citação foi proferida em 2000, pelo nosso querido Presidente James E. Faust, que já faleceu.

Nós vamos ter mais oportunidades de falar sobre a divindade da mulher e o papel dela no plano divino, na família, na Igreja e na sociedade. Só queria resumir alguns dos trabalhos que as mulheres realizam como membros da Sociedade de Socorro. Basicamente são atividades para que elas aprendam a ser esposas, mães e mulheres mais alegres, eficientes e talentosas. Então, realizamos reuniões espirituais semanais, todos os domingos, mas também eventuais atividades de aprimoramento pessoal. Recentemente, a nossa unidade fez um curso de biscuit, que foi ministrado pela querida irmã Marta, um exemplo de mulher. Também aprendemos música, culinária, trabalhos manuais, e muitas outras atividades que nos aperfeiçoam diariamente. Fazemos metas para nos aprimorar, e desenvolvemos característica de liderança. Enfim, são trabalhos diversos que nos ajudam a melhorar constantemente. Eu sempre digo que uma mulher que freqüenta a Sociedade de Socorro nunca fica entediada ou se sente inútil, a menos que ela não viva os princípios ensinados.

Comente com o Facebook:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...