Resenha Crítica de Cinema: O Outro Lado do Céu

Poucas pessoas sabem qual foi o primeiríssimo filme estrelado por Anne Hathaway. Muitos pensam que foi O Diário da Princesa, mas na verdade a personagem Mia foi o segundo papel da queridinha Anne. Ela primeiro tomou notoriedade na produção pouquíssimo conhecida O Outro Lado do Céu, que chegou ao Brasil anos depois de sua produção, mas atraiu um grupo seleto de pessoas que ficaram encantadas com a história e com a lição que passa, especialmente por ser baseada em fatos reais. Ainda assim, O Outro Lado do Céu, teve sua estreia adiada para que O Diário da Princesa fosse lançado primeiro, já que os produtores sabiam que o sucesso de Mia iria ajudar na promoção do outro filme.

Sinopse: John Groberg (Christopher Gorham) é um rapaz mórmon, que deixa sua namorada Jean (Anne Hathaway), sua família, seus estudos e toda a sua vida para servir como missionário de tempo integral em Tonga, uma ilha do Pacífico, durante três anos. No início, John estranha muito sua nova vida, e o povo do país também estranha a presença daquele "gringo". Mas depois de alguns meses, todos começam a criar um forte vínculo de amizade e amor. Durante esse tempo, o missionário mantém contato com a família por intermédio de cartas, e sua relação com Jean, por incrível que pareça, é fortalecida com a missão do rapaz, que aprende e ensina muitas lições sobre o Evangelho, amor ao próximo e amizade verdadeira. Mas também enfrenta desafios únicos, que provam ao rapaz a existência e o amor de Deus.

Crítica: Apesar de ser um filme relativamente pouco conhecido, provavelmente por ser religioso, O Outro Lado do Céu é uma daquelas produções que marcam história. Emociona, diverte, ensina, e mostra que as escolhas que fazemos deixam rastros, não só em nossas próprias vidas, mas também na dos outros. Mostra também que nada tem mais valor do que colocar Deus e a família acima de qualquer outra coisa. O filme é maravilhoso e vale à pena assistir, até mil vezes. Amei uma frase que John escreveu em uma carta que enviou para Jean, que diz:

"Existe uma ligação entre o céu e Terra. Encontrá-la faz com que tudo tenha sentido, até a morte. Não encontrá-la torna tudo sem sentido, até a vida." 

Minha Nota: 10,0

Confira abaixo o trailer do filme, e mais abaixo o filme completo que algum bem-aventurado postou no Youtube. É uma pena que o filme está dublado. Legendado ele é bem melhor.


Comente com o Facebook:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...