Resenha Crítica de Filme: A Caixa

Sabe aquele tipo de filme que quando você assiste pensa que foi produzido sob o efeito de drogas? Isso porque o filme é totalmente fora da realidade e tão bizarro que você nunca imaginaria algo parecido. Alguns imaginariam, claro, senão ele não teria sido feito =)... Então, o filme A Caixa, já meio velhinho, é um desses filmes, sobre o qual você fica se perguntando: como o cara que escreveu o roteiro conseguiu inventar um enredo tão peculiar assim?

Sinopse: Norma (Cameron Diaz) e Arthur (James Marsden) são um casal americano de classe média que tem um filho. E apesar de ambos trabalharem, ela como professora e ele como engenheiro da Nasa, ainda se vêem endividados e passando por bastante aperto financeiro. Num dia inusitado, aparece um senhor com a cara toda deformada à porta do casal oferecendo uma caixa com um botão em cima e uma proposta tentadora: se eles apertarem o botão, ganharão US$ 1 milhão, mas em compensação, matarão uma pessoa em algum lugar do mundo. De início, o casal reluta em apertar o botão, porque com seu pensamento altruísta, não poderiam aceitar que seriam os responsáveis pela morte de alguém inocente. Mas com um prazo de 24 horas para pensar, começam a questionar a oferta. E tentando se convencer de que um botão, que não está conectado a nada, jamais poderia matar outra pessoa, e depois de muito pensarem, Norma decide acabar logo com isso e apertar o botão. A partir daí, coisas terríveis e, até mesmo, inimagináveis começam a acontecer com o casal, que passa a relacionar os novos eventos de suas vidas com a péssima decisão de ter apertado o botão. Depois de um tempo, o casal se depara com mais uma decisão, ainda mais terrível que a primeira, para poderem se livrar das consequências de terem apertado o botão.

Crítica: Terrivelmente criticado pelo público, e pouco assistido, A Caixa não é um filme de todo ruim, porque possui muitos enigmas, que podem tanto prender o público, quanto dispersá-lo. Se ele não estiver disposto a pensar bem no enredo, provavelmente vai odiar o filme, porque, como já falei, ele é bem louco, mas tem uma mensagem interessante no final das contas. Os efeitos visuais são bem feitos, o elenco é ótimo. Só peca mesmo para quem gosta de mais ação, aventura e agitação, porque é um filme que instiga mais a observação e a reflexão do que o mero prazer de sentar e deixar o filme falar por si só. Sinceramente, eu não entendi porque ele foi tão pouco apreciado, mas gosto é gosto.

Minha Nota: 8,0


Comente com o Facebook:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...