Orar ao Nosso Pai Celestial

Algumas pessoas acreditam que a comunicação entre o homem e Deus é uma utopia, mas na verdade, ela é tão real hoje quanto foi no passado e será para sempre. Felizmente, no entanto, em contrapartida aos descrentes, existe muita gente que mantém a fé de que Deus ouve as orações e as responde. E de fato o homem pode, sim, conversar com Deus por meio da oração, uma ações mais encorajadas e praticadas pelos membros de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, que oram apenas para Deus, e para mais nada, ninguém ou nenhum outro ser.

A oração é uma conversa espontânea e sincera, nada automático ou com palavras repetidas. Ou seja, aquele que ora abre o coração para Deus, e conta suas angústias, dúvidas, problemas e alegrias. Pede ajuda a Deus e agradece pelas bênçãos que Ele provê diariamente àqueles que procuram seguir Seus mandamentos. Muitas orações são desprovidas de pedidos, podem ser feitas com o intuito de manter uma proximidade constante de Deus.

Não existe um único jeito de orar, mas geralmente aqueles que procuram imergir profundamente na oração, fazem-na ajoelhados, demonstrando humildade e fervor. No manual Princípios do Evangelho, há uma citação bacana que explica de que forma a oração deve ser feita:

"Podemos orar sempre que sentirmos necessidade de nos comunicar com o Pai Celestial, quer em silêncio, quer em voz alta. Em certos momentos, precisamos ficar sozinhos para abrirmos o coração ao Pai Celestial (ver Mateus 6:6). Além disso, podemos orar durante nossas atividades diárias. Podemos orar durante as reuniões da Igreja, em casa, ao andar por um caminho ou rua, enquanto trabalhamos ou preparamos uma refeição ou ao fazer qualquer outra coisa, em qualquer lugar. Podemos orar a qualquer hora do dia ou da noite, quando estivermos sozinhos ou acompanhados. Podemos ter o Pai Celestial sempre em nossos pensamentos (ver Alma 34:27). Podemos “orar sempre” (D&C 10:5)".

O importante não é necessariamente a maneira como se ora, mas sim com que intensidade, intenção e fé. E acredite, Deus sempre responde a orações sinceras, mas como um bom Pai que sabe o melhor para Seus filhos, às vezes a resposta pode ser "não", ou pelo menos, "não por enquanto". Geralmente, as pessoas recebem suas respostas quando estão em sintonia com o Espírito Santo, e buscam estudar as Escrituras.

Este artigo traz uma excelente e inspirada explicação sobre a oração, e como ela é respondida. O trecho que mais me tocou diz: "O Presidente David O. McKay testificou: “É verdade que as respostas a nossas orações nem sempre vêm diretamente, nem no momento, nem da maneira como prevemos; mas elas vêm no momento e da maneira que melhor sirva aos interesses daquele que faz a súplica”. Seja grato quando, às vezes, Deus deixa que você se debata por um longo tempo, antes que a resposta chegue. Seu caráter se fortalecerá; sua fé aumentará".





Comente com o Facebook:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...