O que é fascinante no mundo da fantasia

No mundo da Literatura e do cinema, existem elementos básicos que não passam nem de longe despercebidos pelos críticos e pelo público. Nos filmes, detalhes como uma boa produção, a atuação decente dos atores, criatividade no roteiro; e nas obras literárias, também entrando em mérito a criatividade, uma linguagem atraente, e uma história cativante fazem grande diferença no destino a que vai chegar uma obra.

No cinema e na literatura, há espaço para zilhões de tentativas. Aquelas frustradas, que se tornam livros ou filmes chinfrins que mal chegam às livrarias ou às locadoras, são as mais comuns. Mas não deixam de ter seus méritos, afinal, poucas pessoas conseguiram sentir na pele o sucesso repentino de J.K. Rowling. Poucos jovens, por mais desgastantes que foram as tentativas, conseguiram se tornar um Daniel Radcliffe, que com pouco mais de 10 anos, tornou-se Harry Potter, o bruxinho mais famoso do mundo. Não são comuns os grandes sucessos do cinema que atravessam anos e anos sendo comentados, como é o caso de Ben Hur, o Poderoso Chefão, Titanic; e da literatura que prendem tanto e tão intimamente o leitor, que acabam indo parar nos cinemas, ou, do mesmo modo, passam décadas na boca do público, adquirindo dia após dia novos fãs.

É pelo sucesso que muitos sonham em aparecer nas telas dos cinemas, em virar ícones de beleza mundial, em ganhar rios de dinheiro em dez minutos. Mas é pela essência do mundo dos filmes e da literatura que busco entrar, só de relance, no que me parece ser a melhor forma de fugir da vida real. Pelo simples, mas significante fato de o cinema e a literatura permitirem-nos conduzir para mundos distintos daqueles que conhecemos, e que somos acostumados a viver todos os dias. Desejo mergulhar cada vez mais fundo no mundo fantasioso dos filmes e dos livros, sem precisar tirar os pés do chão. Creio que algumas pessoas pensam e sentem basicamente o mesmo que eu, e de alguma forma partilham do mesmo prazer em grudar os olhos nas telas do cinema ou da TV, e nas páginas branquinhas (ou amareladas) do livros. E em seus corações cabe sempre mais do que uma obra, do que um sucesso, do que uma excitante viagem ao mundo da fantasia. Tem sempre lugar para filmes e livros de sucessos, ou para aqueles que são grandiosos, apesar de estarem esquecidos no fundo de uma estante velha.

Comente com o Facebook:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...