Desapego aos tesouros

De novo o clima trouxe desgosto para um monte de gente. Mas sabe o que mais me chamou a atenção no meio de toda essa barbaridade que a mudança climática trouxe mais uma vez? Foi a humildade e a pureza de um senhor que vi dando entrevista na RPC TV, emissora local aqui do Paraná. A entrevista foi comum, ele relatou a drástica situação pela qual passou, e depois descreveu seu heroísmo ao salvar a filha dos vendavais que atingiram o estado ontem. E no final da entrevista, deixou uma lição, que por pouco não passou despercebida. Em meio ao turbilhão de emoção que visivelmente sentia durante toda aquela revolta climática, ele, com tranquilidade, simplesmente soltou esse belo exemplo de humanismo e amor pelo que de fato vale a pena: "Fiz de tudo pra salvar minha filha e vi minha casa vir abaixo. Mas graças a Deus minha família está bem. As coisas materiais a gente trabalha e consegue depois". Parei e fiquei pensando em como somos ridículos às vezes, quando reclamamos por uma calça que rasgou, uma TV que queimou ou um risco na lataria do carro.

Não quero dizer com isso que devemos simplesmente deixar de cuidar de nossos bens materiais e permitir que tudo apodreça. Claro que é importante que velemos pelo que nos pertence, mas primar mais por objetos sem vida do que pela saúde, pela família ou pela vida é uma opção um tanto infeliz na minha opinião. Por isso a história do senhorzinho ter mexido tanto comigo. Claro que vai ser uma luta danada conquistar o pouco que tinha, porque ele aparentava ser bem pobre. Mas ter perdido seus bens pouco o afetou, já que o mais importante, que era a família, ele conseguiu manter ao seu lado. Lição linda que vai ficar sempre na minha memória.

Comente com o Facebook:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...