Vitalidade avaliada pelas horas de sono

Quem é fã de uma cama jura de pés juntos que 8 horas de sono são o tempo mínimo que o homem precisa para recuperar as energias e garantir maior vitalidade. Os serelepes já preferem um sono que não ultrapasse as ditas 8 horas. Mas afinal, de quanto tempo o corpo de fato precisa para ter sempre disposição? Já ouvi a Glória Maria afirmar que dorme 6 horas por noite e que está sempre de bom ânimo. Já ouvi também que Eisntein precisava de 10 horas, Napoleão Bonaparte de 4.


Alguns estudos, entre os quais o de um tal de Daniel Kripke, apontaram que a quantidade ideal de sono varia de 6,5 a 7,5 horas. O mais intrigante nesses estudos sabe o que é? Que quem dorme menos de 6,5 e mais de 7,5 tende a viver menos tempo do que aquelas que conseguem dormir de verdade dentro dessa variação. Glória Maria que se cuide. E o Celso, meu marido, também. Ele é adepto do sono longo e ainda diz que se fosse presidente do Brasil, decretaria uma lei que obrigaria as pessoas a dormirem no mínimo 10 horas por noite... rsrsrsrs

Estudos à parte, há quem diga que cada caso é um caso, cada corpo tem uma necessidade particular e que o ideal mesmo é testar quais são elas. Esse teste pode ser feito estudando e analisando como a disposição é afetada em diferentes tempos de sono, ou seja, você dorme 8 horas e vê como se sente no dia seguinte, depois dorme 7 e faz a mesma avaliação, entre outras variações. No momento, estou fazendo esse teste. E no meu caso, até agora, o melhor ainda são as tão popularmente defendidas 8 horas de sono.

Comente com o Facebook:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...