Já pensou ganhar do nada quase R$ 200 milhões de reais?

O que eu faria com tanta grana? Não sei, mas imagino que os herdeiros do seu Haroldo estejam estudando como gastar quase 200 milhões de reais, que apareceram do nada na conta do ex-chefe da família. Aliás, mais de 300 milhões, porque os juros correram de 1999 pra cá. Deixe-me explicar a história.

Há dez anos, o humilde tubaronense, Haroldo Silva, viu que havia uns zeros a mais na sua conta (192 milhões de reais) do Banco do Brasil. Assustado, falou com o gerente para devolver a grana. Mas o caso ficou por isso mesmo. Exceto pelo fato de o dinheiro ter rendido um cadinho e subir para mais de 300 milhões de reais. Imagina só se não haveria gente sem vergonha se aproveitando da situação. Um tal de Justo, que de justo não tem nada, foi ao Banco com uma procuração, dizendo que o Seu Haroldo era muito solidário e queria doar-lhe os 300 milhões. Tudo bem, o Justo e um comparsa foram presos, só que o pobre do seu Haroldo faleceu, sem usufruir de um centavo. Provavelmente por ser honesto, nunca tenha desejado movimentar a grana. Os descendentes entraram na justiça para fazer usucapião do dinheiro, porque que já se passaram cinco anos. Agora a fortuna é da família por direito. Vê se pode. Em Tubarão acontece de tudo.

A história maluca de seu Haroldo foi parar no Jornal da Globo. Confira a matéria abaixo.

Comente com o Facebook:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...