A vida não é só teoria

De vez em quando, é bom dar uma revisada na cachola e avaliar quais são os pontos fortes e fracos da personalidade. Ontem, decidi fazer essa avaliação, e o que percebi? Que não é nada fácil reconhecer as falhas, que a cabeça é uma máquina complicada de se controlar, e que os sentimentos negativos são fraquezas bem difíceis de se mudar.

Sou indignada com aqueles livros de auto-ajuda que dizem todos, basicamente, a mesma coisa: "seja feliz", "siga o coração", "não sofra", "não ligue para o que os outros falam". Claro, acredito que todo mundo gostaria de ser feliz, não sofrer, não ligar para a opinião alheia. Mas se fosse tão simples como ensinam esses livros ou como dizem algumas pessoas bem intencionadas, mas que não entendem que essa falácias lógicas não adiantam de nada, as pessoas simplesmente mudariam. Daí eu pergunto: se é tão fácil deixar pra lá os defeitos, por que às vezes as pessoas tentam tentam e tentam mudar e em alguns casos demoram tanto tempo para alcançar tal feito? Esses livros dizem o que devemos fazer, mas não ensinam como. O motivo é óbvio, cada um tem uma maneira de lidar com a vida. Nenhum livro do mundo poderá generalizar os passos para a transformação.

Eu confio muito em terapia. Fiz um ano de tratamento com uma psicóloga maravilhosa que me ajudou a entender meus sentimentos e a mudar algumas falhas. Mas acredito que a terapia deveria ser vitalícia. A vida inteira as pessoas vão se deparar com as mazelas, porque os fatos da vida estão em constante mudança, e as dificuldades em encarar algo novo são sempre perturbadoras.

O bom é saber que além de pessoas preparadas para nos ajudar, temos nosso Salvador sempre ao nosso lado. Isso me conforta pra caramba. De qualquer modo, a mudança não é fácil, mas é possível. Tenho visto isso em minhas auto-avaliações. E apesar de livros de auto-ajuda serem uma leitura agradável, gosto de complementá-la com um tratamento pessoal, uma leitura constante da minha personalidade, que me indica onde estou falhando, onde posso melhorar e onde devo permanecer.

Comente com o Facebook:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...